Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça. Ou quase isso...

Parafraseando Glauber Rocha:"Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça". Ou quase isso.../Desde Fevereiro de 2015.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

IRMANDADE DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DOS HOMENS PRETOS DE CHAPADA DO NORTE MG INICIA AÇÕES PARA A FESTA DO ROSÁRIO

     A Irmandade de Nossa Senhora dos Homens Pretos de Chapada do Norte MG reuniu-se pela primeira vez em 2017 no Domingo dia 12 de Fevereiro para dá início as atividades do grupo no corrente ano. Tendo como meta principal as ações visando a realização da 195ª Festa de Nossa Senhora do Rosário entre 29 de Setembro a 09 de Outubro que terá Tereza de Dito e Anedino como juízes maiores.
     Na pauta do dia:
# A prestação de contas da rainha velha senhora Tereza Carvalho (Puia);
# Prestação de contas das entradas e saídas da conta corrente da Irmandade em 2016 em relatório impresso;
# E prestação de conta de valores adquiridos durante o ano e já repassado anteriormente ao conhecimento dos irmãos: como a renda do mastro da capitã Niuceli Soares e a renda de anuais e devotos.
     O atual presidente da Irmandade também comunicou aos irmãos o convite que recebeu para participar em Capelinha MG da Oficina do Plano de Desenvolvimento para o Vale do Jequitinhonha como representante da sociedade civil e sobre um trabalho de faculdade de um afilhado do padre Victor Hugo do Nascimento no Rio de Janeiro tendo como tema a Festa do Rosário chapadense.

     A 1ª reunião do ano encerrou-se com uma singela confraternização entre os irmãos presentes.




Fotos: Maurício Costa

sábado, 18 de fevereiro de 2017

REALIZADA EM CAPELINHA MG ÚLTIMA OFICINA DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO PARA O VALE DO JEQUITINHONHA (PDVJ)

            Foi realizada no Legrand Recepções e Eventos no Bairro Planalto em Capelinha MG no dia 16 de Fevereiro de 2017 a última oficina de pactuação do Plano de Desenvolvimento para o Vale do Jequitinhonha elaborado após uma série de Fóruns Regionais com a participação popular e por meio de um convênio entre a Fundação João Pinheiro, Governo do Estado e Cemig. Representantes de Aricanduva, Capelinha, Chapada do Norte, Leme do Prado, Turmalina e Veredinha receberam o convite oficial para esta oficina.
          Destes fóruns foram levantadas demandas que foram somadas a planos já existentes e á levantamentos da situação dos municípios do Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha, já contemplados no PMDI e no PPAG.
        Os participantes foram divididos em cinco grupos:
·      * Desenvolvimento Produtivo e Meio Ambiente;
·       *Educação e Cultura
·       *Saúde e Proteção Social
·       *Segurança Pública
·       *Cidades, Infraestrutura e logística.
Nos grupos os participantes elaboram relatórios sobre problemas dos temas citados anteriormente e debateram soluções visando melhorias nestas áreas.

Esta etapa dos trabalhos fez parte das atividades do período da manhã, que ainda teve café, abertura do evento, saudação ás cidades presentes e as autoridades que prestigiavam a realização da oficina e boas vindas do prefeito de Capelinha Tadeuzinho. A atividade da manhã encerrou-se com a pausa para o almoço.
No período da tarde todos os participantes assistiram a apresentação dos documentos elaborados e a cada encerramento abria-se espaço para perguntas. A equipe da Fundação João Pinheiro encerrou a oficina afirmando que o próximo passo é transformar os relatórios em um grande dossiê e buscar junto às autoridades competentes soluções para os problemas levantados.  
O município de Chapada do Norte MG foi representado por Érica Mota da Secretaria Municipal de Saúde representando o poder público e representando a sociedade civil Marinho Pires do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Maurício Costa da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. O professor Aécio Miranda também de Chapada do Norte MG participou da Oficina representando o IFNMG CAMPUS Araçuaí.
Temas como a os trechos da BR 367  e as demais que não possuem pavimentação de asfalto, valorização dos professores, apoio as manifestações culturais,  folclóricas, ao artesanato, feiras livres, solicitação de delegados que atendam Minas Novas, Berilo, Chapada do Norte, Jenipapo de Minas, Francisco Badaró entre outras cidades, exploração do turismo, impactos na economia, programas assistenciais e características da região foram alguns dos muitos temas abordados durante o dia.
Toda a documentação levantada será condensada com os planos realizados anteriormente nos encontros em Araçuaí, Pedra Azul, Almenara, Itaobim e Diamantina.
Você também pode participar enviando sugestões e acompanhando os canais de comunicação do programa:
#valeparticipar /facebook.com/valeparticipar















Fotos: Maurício Costa