Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça. Ou quase isso...

Parafraseando Glauber Rocha:"Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça". Ou quase isso.../Desde Fevereiro de 2015.

terça-feira, 28 de março de 2017

FUNCIONÁRIOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS DE CHAPADA DO NORTE MG SAEM Á RUA EM MANIFESTAÇÃO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E A TERCEIRIZAÇÃO

     Aconteceu em 28 de Março de 2017 na Câmara dos Vereadores em Chapada do Norte MG o “Movimento dos Servidores Estaduais e Municipais de Protesto contra a Reforma da Previdência e a Terceirização”.
      Na abertura do evento os presentes foram convidados a se posicionarem para a execução do Hino Nacional Brasileiro. E ainda de pé todos rezaram o Pai Nosso pedindo as bênçãos divinas ao encontro.
     Servidores públicos municipais, estaduais e da sociedade civil lotaram as dependências da Câmara Municipal com intuito de manifestar seu repúdio contra as reformas da previdência, trabalhistas, alterações no tempo de aposentaria, PEC 287 e também contra a Terceirização.
      Estiveram presentes servidores das escolas estaduais: José Rodrigues de Figueiredo do distrito de São Sebastião de Boa Vista, Olídia Lemos do distrito de Cachoeira do Norte, Zé de Calú do distrito de Santa Rita do Araçuaí, Monsenhor Mendes da sede, a Escola Municipal Nívea de Oliveira e a Creche Semente Nova da sede, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Achanti, Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte, pessoas da sociedade civil da sede, dos distritos e comunidades chapadenses, ARCA (Associação dos Artesãos de Santa Cruz), estudantes e Rádio Santa Cruz Online. A Polícia Militar esteve presente durante o evento dando apoio e contribuindo com a organização e ordem.

        Houve a exibição de dois vídeos esclarecedores, um sobre a proposta de reforma da previdência e outro sobre a terceirização.
       O mestre de cerimônia Maurício Costa conduziu as falas que foram distribuídas entre o professor José Maria Silvestre (Zequinha), Reinan Figueiredo da SRE, Maria Aparecida atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, professor Ivo Guedes, Adriane Coelho, Anísio Reis Lemos, Edinaldo Soares e vereador Ronaldinho.
       Além dos temas principais do movimento, ainda houve espaço para discussão sobre as conquistas da Marcha das Margaridas e um olhar atento ao posicionamento dos deputados mineiros que foram votados na região e como votarão tais medidas.
       O público presente ao ato de repúdio ao final da programação prevista para realização na Câmara saiu em manifestação na rua gritando palavras de ordem, cantando e dizendo frases de incentivo para que as pessoas se conscientizem que devem buscar que seus direitos não sejam eliminados como pretendo o pacote das medidas propostas pelo presidente Michel Temer.
     O grito #foraTemer ecoou na manifestação. Deixando clara a insatisfação da população chapadense com o atual presidente do Brasil.
     O encontro encerrou-se na Praça José Maria do Sacramento centro da cidade. E o público presente retornou aos seus lares com a sensação que é possível lutar contra os desmandos do governo federal e que juntos somos muito forte.
   




































 Fotos: Maurício Costa